.


“Você é o que pensa. Você é o que procura. Você é o que faz”. Bob Richards

16 de dez de 2008

BOAS FESTAS!...


Natal - Recados Para Orkut



NATAL é HUMANIDADE


Eu trago nas mãos a HUMANIDADE
Natal de muitos nomes, muitos amores!
Alegria e Esperança, grito pungente
Semeados com as nossas próprias dores.

Gestos, ternuras e ondas de acalento...
Entrego em estrelas ao cosmos muitas flores...
feitas de lutas, transformadas em esplendores
Luminosa LUZ chega p’ra pintar o vento...

NATAL é HUMANIDADE, amor que palpita,
No manto dos dias e das noites ,
O sol é de oiro, a lua reflete luz e crepita

Somos unidos, ao mundo que fazemos!
Seres criados por Deus, p’ra evoluir,
Humanidades semeando seus momentos …

Manuela Silva Neves
(Aluena)

Paço de Arcos, 15/11/2008
Reservados Direitos de Autor

VISITE: http://jardinsdepoesia.com.sapo.pt/NatalHumanidade.htm

----------------------------------------------------------------------

19 de jun de 2008

O MAR

Balbuciando no seu marulhar
Como em ondas de enleio
Rolando em águas cruzadas
Soam suaves líricas no ar.

Consciência global que expande
Harmonias vivas em coragem
Enleadas espumas desmaiadas
Vai e vem de espantos e paixão!...

Rendilhados evoluem numa dança
Jardins de poemas e enredos
Grávidos espantos, líricas a envolver!...

MAR!... Onde o amor é mais profundo
Consciência de quem muito amou
Algas, areias e corais, sinfonias e bruma!...

( Manuela Silva Neves )

Homenagem ao Grupo
http://www.avpb.olga.kapatti.nom.br/academicos_avpb/112_MANUELA_NEVES.htm

22 de abr de 2008

"O Mare e Tu" - Dulce Pontes & Andrea Bocelli

Ao PLANETA TERRA * Casa Mãe de todos nós



Planeta Azul


Terra amada!...
Terra mãe!...
Do éter foste tirada em movimento,
Por excelsas mentes gerada,
Nesses paramos criada
No sopro dum pensamento.

Regaço imenso, de todas as criaturas
Amparo em todo o momento.
Sinfonia em sol maior, envolvimento.

Planeta azul,
Reflexo do Universo
Majestoso e belo
Pedaço de estrela
Desde os evos lutas
P’ra ser nosso berço.

Dói ver as agruras
Da revolta imensa
Que num sorvedouro
Te fazes presente.

Gentes que se atrevem
A ser indiferentes,
Gananciosos, vis,
Ingratos viventes.

Ruges aflita
Terra amada grita:
- Salvem o Planeta!...

Vamos dar as mãos
Terna mãe, suspira…
Descansa em meu preito.

Os rios vão ser limpos,
Os ares mais vibrantes,
As fontes fecundas
Vivas e abundantes.
Vestes perfumadas,
Vibrações coladas,
Vontades bem firmes.

De mãos enlaçadas
Vamos ajudar
Esta Terra mãe
Majestosa e bela
A ser nosso lar
Pedaço de estrela…

Manuela Silva Neves
12 MAIO 2007

Reservados Direitos de Autor

7 de abr de 2008

F R A S E

"Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o que,
com frequência, poderíamos ganhar,
por simples medo de arriscar."

(WILLIAM SHAKESPEARE)