.


“Você é o que pensa. Você é o que procura. Você é o que faz”. Bob Richards

26 de abr de 2011

CARNES, ENCHIDOS e PEIXE » cuidado com intoxicações

As carnes, quando mal conservadas, estragam rapidamente.
Para não correr o risco de comprar carne estragada,
observe algumas coisas:

1. Procure açougues que tenham boas condições de higiene.
Verifique as paredes, os balcões e principalmente a luz.

Se a luz que ilumina a carne for vermelha, cuidado! Colocar esta luz vermelha é ilegal, pois muda a cor da carne fazendo-a parecer que é mais nova.

2. O carimbo roxo da Inspeção mostra que foi inspeccionada.
Tome cuidado com a carne que não foi fiscalizada, pois pode estar contaminada.

A carne também pode ser contaminada depois da inspeção,
no próprio açougue ou estabelecimento de comercialização.

3. Observe a cor da carne.
A carne de vaca estragada pode apresentar cor esverdeada e forte cheiro de podre.

Carne com cor vermelho-vivo também deve ser evitada pois foi colocado
nela um pó branco que esconde sua má qualidade. Este pó branco é o sulfito de sódio.

4. Peles e sebos não podem ultrapassar 10% do total do peso da carne.

5. Olho na carne de porco: bolinhas brancas indicam a presença de parasitas,
muito nocivos à saúde.

6. As aves devem ter a carne firme, cor amarelo-claro e com cheiro suave.

7. As carnes devem ser vendidas com a identificação da origem, etiqueta-lacre, contendo o número do Serviço de Inspeção, nome do frigorífico e origem, data de embalagem e de validade, sexo e tipo de animal.

8. Salame, presunto, linguiça, etc., não devem ter manchas ou bolhas no interior da embalagem.

9. Quando se embala um alimento com plástico, o ar todo é retirado. São alimentos embalados a vácuo.

Se você notar dentro da embalagem um líquido, manchas esverdeadas ou se o produto estiver solto nos pacotes, não compre o alimento.

Se perceber que a falha é do fornecedor, denuncie à Vigilância

10. O peixe deve ter a carne firme, os olhos salientes e brilhantes, guelras avermelhadas e escamas que não soltem com facilidade.
-------------------------------------------------------------------------------------

Nenhum comentário: